Programa de bolsas

O programa de bolsa para infraestrutura da Verisign, lançado durante as comemorações dos “25 Anos do .com” em 2010, reflete o compromisso da Verisign em patrocinar pesquisas que apoiem o robusto crescimento e desenvolvimento da Internet.


Sem visão, trabalho duro e criatividade, a Internet não teria evoluído para ser o recurso global que conhecemos e usamos hoje. Há mais de 25 anos, foi registrado o primeiro domínio .com e, desde então, alterou o curso da história para colocar o mundo em suas mãos. A Internet mudou os elementos básicos de como interagimos, informarmos, realizamos negócios, doamos, educamos, comunicamos, conectamos e compartilhamos histórias com outras pessoas em todo o país, no continente e no mundo inteiro.

O programa de bolsa para infraestrutura da Verisign, lançado durante as comemorações dos “25 Anos do .com” em 2010, reflete o compromisso da Verisign em patrocinar pesquisas que apoiem o robusto crescimento e desenvolvimento da Internet. A Verisign está ampliando esse programa em 2012 para fomentar novas pesquisas que tragam avanços em segurança e estabilidade, estimulem a implementação da Internet e melhorem a infraestrutura da Internet como um todo.

Eventos anteriores Inscrição ao prêmio Bolsas 2011 Histórico
Click to play
close
  • 18 de outubro de 2011 – Washington, DC – Simpósio de Bolsa para Infraestrutura da Internet: revelação dos trabalhos de quatro bolsistas para uma plateia composta por líderes empresariais, técnicos, parlamentares e autoridades governamentais. Chris Anderson, editor-chefe da Wired magazine, comandou o evento, oferecendo seu próprio entendimento sobre as forças que moldam a rápida evolução da Internet.
  • 6 de outubro de 2010 – Bruxelas, Bélgica – Fórum "O Futuro da Internet": a Verisign realizou esse evento final dos 25 Anos do .com em conjunto com os líderes europeus do setor de nomes de domínio DENIC, Nominet e CENTR. Próximo à sede da Comissão Europeia, o evento teve como foco os desafios políticos enfrentados pela Internet a partir de uma perspectiva europeia.
  • 26 de maio de 2010 – São Francisco, CA – Festa de .com Gala: sendo uma celebração à Internet e seus pioneiros mais importantes, o .com Gala foi conduzido pela comediante vencedora do Emmy® Dana Carvey, e contou com a presença de um elenco impressionante de líderes do Vale do Silício e pesos pesados do setor de Internet, como o cofundador da Sun Microsystems, Scott McNealy. No evento, a Verisign lançou o “.com 25” – uma lista com os 25 colaboradores mais importantes (empresas e pessoas) para o surgimento da era da Internet.
  • 16 de março de 2010 – Washington, DC – Fórum Impacto da Política: comandado pelo ex-presidente dos EUA, Bill Clinton, e contando com celebridades do mundo da tecnologia, política e cultura popular, o Fórum Impacto da Política buscou examinar o impacto das principais decisões políticas na evolução da Internet e explorar como o cenário político em constante mudança afetaria seu futuro.

A Verisign tem a honra de oferecer duas bolsas de pesquisa no valor de US$ 200.000 para apoiar as pesquisas que tenham o potencial de melhorar a disponibilidade e a segurança do acesso à Internet em todas as partes do mundo. As propostas de tópicos de pesquisa se concentram em uma Internet que esteja disponível e seja segura em todos os países, prestando suporte a uma série de infraestruturas; isso leva em conta a realidade das pessoas e empresas que contam com o crescimento cada vez maior de dispositivos móveis de todos os tipos para sua conectividade. O financiamento de pesquisa tem por objetivo apoiar dois estudantes de pós-graduação ou equivalente durante um ano, além das despesas gerais institucionais.

Parabéns aos nossos premiados de 2012:

"Downscaling Entity Registries for Poorly-Connected Environments", enviado pelo Prof. Dr. Philippe Cudré-Mauroux da Universidade de Friburgo, Suíça, e Christophe Guéret da VU Universidade de Amsterdã, Holanda

"Converged, secure mobile communication support through infrastructure-opportunistic, DHT-based network services", enviado pelo Dr. Z. Morley Mao da Universidade de Michigan, Estados Unidos e Cui Yong da Universidade de Tsinghua, China

Puderam se inscrever as equipes compostas por pesquisadores pertencentes a instituições acadêmicas, laboratórios de pesquisa do setor, organizações sem fins lucrativos, corporações com fins lucrativos e agências governamentais credenciados. Foram incentivadas as inscrições de equipes representando instituições de vários países. Exigimos que todos os resultados das pesquisas fossem divulgados ao domínio público para uso livre e irrestrito.

As inscrições foram avaliadas seguindo os seguintes critérios:

  • Relevância: a proposta de pesquisa do requerente apoia o objetivo declarado do programa, com foco específico na acessibilidade global e/ou melhorias de infraestrutura que beneficiarão o mundo em desenvolvimento.
  • Inovação: a proposta de pesquisa do requerente é inovadora, nova e importante. As inscrições são julgadas com base na natureza inovadora dos focos e objetivos das suas propostas de pesquisa.
  • Viabilidade: o requerente demonstra que o plano da sua proposta de pesquisa é viável e pode ser completamente realizado dentro do prazo (do verão de 2012 ao outono de 2013) permitido pelo programa.
  • Qualidade geral: os juízes devem fornecer suas impressões gerais sobre as propostas de bolsa, abrangendo todos os critérios acima mencionados, bem como quaisquer outros critérios considerados relevantes com base em seu conhecimento e experiência no campo.

As inscrições foram avaliadas por:

As bolsas se destinam a apoiar as pesquisas realizadas durante o ano acadêmico de 2012-13. Os premiados apresentarão os resultados em um simpósio realizado na região de Washington, DC, no outono de 2013.

Principais datas:

17 de janeiro de 2012: abertura do processo de inscrição para bolsa de pesquisa
5 abril de 2012: encerramento das inscrições para bolsa de pesquisa
2 de julho de 2012: anúncio dos prêmios de pesquisa
22 de maio de 2013: prazo final da pesquisa
Outono de 2013: apresentação da pesquisa em um simpósio na região de DC

Em comemoração ao 25º aniversário do .com, a Verisign criou o Programa de Bolsa para Infraestrutura da Internet em 2010, para fomentar novas pesquisas, promover segurança e estabilidade, e melhorar a infraestrutura da Internet para os próximos 25 anos.

Cada bolsa de pesquisa no valor de US$ 75.000 foi concebida para ajudar àqueles com a promessa de moldar o próximo quarto de século do .com, por meio de melhorias na segurança, infraestrutura, aplicativos e internacionalização da Internet.

Instituições e grupos sem fins lucrativos de todo o mundo enviaram suas propostas, e um total de quatro projetos de pesquisa foi aprovado na primavera de 2011.

Shlomi Dolev, Universidade Ben-Gurion de Negev, Israel (internacionalização da Internet)
Anil Madhavapeddy, Universidade de Cambridge, Reino Unido (segurança do sistema de nomes de domínio)
Phillip Brighten Godfrey, Universidade de Illinois na Urbana-Champaign (aplicativos de infraestrutura)
Z. Morley Mao, Universidade do Michigan (infraestrutura da Internet)

Em 15 de março de 1985, a Symbolics, Inc., uma fabricante de computadores com sede em Cambridge, MA, registrou o symbolics.com, o primeiro endereço .com do mundo. Antes disso, a Internet era, em grande parte, um projeto conduzido por universidades e cientistas da computação que usavam a rede para pesquisas e comunicação. À medida que cada vez mais pessoas e instituições começavam a usar a rede, as comunicações eletrônicas se tornavam um desafio crescente. Descobrir como encaminhar mensagens manualmente por meio de gateways era algo como uma obra de arte e, muitas vezes, não sancionado oficialmente. À medida que o volume de correio se tornava cada vez mais pesado, às vezes os postmasters pediam para que as pessoas parassem de usar suas conexões.

Embora saibamos que o primeiro .com tenha sido atribuído ao symbolics.com em 15 de março de 1985, a origem do .com não é tão clara. De acordo com Craig Partridge, cientista chefe da Raytheon BBN Technologies, os nomes dos domínios evoluíram à medida que o sistema era criado. A princípio, o .cor havia sido sugerido como domínio das corporações, mas, quando a versão final surgiu, foi alterado para .com. Da mesma forma, o .org foi, inicialmente, .pub, e o .mil, .ddn. Outros domínios que surgiram ao mesmo tempo que o .com foram o .edu, .gov, .net e .arpa.

Atualmente, o .com é parte integrante de uma explosão tecnológica que reformulou a maneira como as pessoas trabalham, vivem, brincam e se conectam com a família e os amigos. "Não me lembro de alguém já ter pensado que estávamos criando uma estrutura organizacional para abranger centenas de milhões de entidades cobrindo todo o planeta em apoio a todas as atividades humanas", Jack Haverty, outro pioneiro da Internet que estava na MIT naquela época, explicou em outro e-mail. "E isso certamente não deveria durar 30 anos ou mais, mesmo como experimento. Isso simplesmente acabou acontecendo assim."