GLOSSÁRIO

LINKS A-Z

A C D E F G H I L M N O P R S T U W

A

ACORDO DE COOPERAÇÃO

Tipo de acordo contratual utilizado pela Fundação Nacional da Ciência (NSF, na sigla em inglês) dos Estados Unidos que facilita a cooperação entre organizações privadas e o governo, com o propósito de estimular o desenvolvimento de nova tecnologia com o objetivo de verter esta tecnologia para o setor privado.

ADVANCED TRANSACTION LOOKUP AND SIGNALING (ATLAS)

Advanced Transaction Lookup and Signaling (ATLAS, na sigla em inglês) é a próxima geração de plataforma de infraestrutura da Verisign que foi desenvolvida para ser uma infraestrutura de diretório com grande dimensionamento, altamente confiável, segura e independente do protocolo, permitindo uma ampla gama de pesquisas de dados de transação e identificação.

ARQUIVOS DE ZONA

Os arquivos de zona contêm dados que descrevem uma parte do espaço de nomes para domínios de nível superior específicos. Os arquivos de zona contêm as informações necessárias para resolver nomes de domínio em números de Protocolo de Internet (IP). Os arquivos de zona contêm nomes de domínio, nomes de servidor de nomes associados e os endereços IP desses servidores de nome. A Verisign atualiza os arquivos de zona TLD para TLDs .com e .net a cada cinco minutos.

ARQUIVOS DE ZONA DE TLD

Arquivos de zona de TLD contêm dados que descrevem uma parte do espaço de nomes de domínio para domínios de nível superior específicos. Esses arquivos contêm as informações necessárias para resolver nomes de domínio em números de Protocolo de Internet (IP). Os arquivos de zona contêm nomes de domínio, nomes de servidor de nomes associados e os endereços IP desses servidores de nome. A Verisign atualiza os arquivos de zona de TLD para TLDs .com e .net a cada cinco minutos. As empresas de registro de domínio podem receber alertas de zona de nomes de domínio sobre os nomes de domínio que gerenciam para facilitar a administração e melhorar o atendimento ao cliente. Para adicionar esse serviço, fale com o Atendimento ao Cliente.

ASSEMBLEIA GERAL

A Assembleia Geral (GA) é um fórum aberto para participação nas atividades da Organização de Apoio a Nomes de Domínio (DNSO) da ICANN. Os participantes da GA são indivíduos que possuem conhecimento e interesse em questões pertinentes às áreas em que a DNSO tem responsabilidade originária, e que desejam contribuir com tempo, esforço e conhecimento no trabalho da DNSO, incluindo proposta e desenvolvimento de itens de trabalho, discussão de itens de trabalho, preparação de documentos e participação em pesquisa e comitês de elaboração e grupos de trabalho.

ATAQUE MAN-IN-THE-MIDDLE (MITM)

Um ataque man-in-the-middle (MITM) sorrateiramente intercepta e modifica as comunicações entre dois sistemas. O intruso pode alterar a comunicação para redirecionar o tráfego para um endereço ou site ilegítimo. Os usuários finais não detectam o “man in the middle” ("homem no meio") e assumem que estão se comunicando diretamente com o destino pretendido.

ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO (DDOS)

Ocorre o ataque de negação de serviço (DoS) quando o tráfego é enviado de um host para outro computador com a intenção de interromper um aplicativo ou serviço on-line. O ataque distribuído de negação de serviço (DDoS) ocorre quando são usados múltiplos hosts (como PCs comprometidos que fazem parte de uma "botnet") para executar e ampliar um ataque. Os hackers costumam criar a condição de negação de serviço consumindo largura de banda do servidor ou comprometendo o próprio servidor. Os alvos típicos são os servidores da Web, servidores DNS, servidores de aplicativos, roteadores, firewalls e a largura de banda da Internet.

ATLAS

Consulte "Advanced Transaction Lookup and Signaling"

AUTORIDADE PARA DISTRIBUIÇÃO DE NÚMEROS NA INTERNET (IANA)

A Autoridade para Atribuição de Números na Internet (IANA, na sigla em inglês) controla os números de protocolos, os domínios de nível superior de código de país e mantém as atribuições de endereço IP.

Voltar ao topo

C

CCTLD

Consulte "Domínio de nível superior de código de país"

COMITÊS DE ELABORAÇÃO

Os comitês de elaboração são órgãos dos membros da Assembleia Geral da Organização de Apoio a Nomes de Domínio, com origem no Conselho de Nomes da DNSO, e tendo por fim a gestão do processo de criação de consenso. Todo Setor da DNSO reconhecido pode participar de qualquer um dos comitês de elaboração.

CONSELHO DE NOMES

O Conselho de Nomes (NC) é parte da Organização de Apoio a Nomes de Domínio (DNSO), uma das três organizações de apoio da Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN, na sigla em inglês). Consiste em três representantes de cada setor da DNSO reconhecido pelo Conselho da ICANN, com a exceção temporária do Setor de entidades de registro de gTLD, que atualmente possui somente um representante. O NC é responsável pela gestão do processo de criação de consenso da DNSO.

CONTRATO DE ACESSO AOS ARQUIVOS DE ZONA

Contrato com a Verisign que deve ser celebrado com a parte solicitando acesso aos arquivos de zona de TLD da Verisign.

CONTRATO DE REGISTRO

O contrato de registro é um contrato celebrado em 10 de novembro de 1999 entre a ICANN e a Verisign. O contrato dispõe dos termos e condições de acordo com os quais a Verisign está autorizada a ser a operadora de registro de domínios exclusiva de todos os nomes de domínio de segundo nível nos nomes de domínio de nível superior .com e .net.

Em 2012, o Departamento de Comércio dos EUA aprovou a renovação do contrato da Verisign com a Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN) para ser a operadora de registro oficial do registro .com até 30 de novembro de 2018.

Em 2011, a Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN) e a Verisign renovaram o contrato da Verisign para servir como operadora de registro oficial do registro. net por mais seis anos.

CONTRATO E LICENÇA DA EMPRESA DE REGISTRO DE DOMÍNIO

Um contrato e licença da empresa de registro de domínio é um contrato que elas devem dar entrada junto à Verisign para poder fornecer serviços de registros por meio do operador de registros da Verisign.

CORPORAÇÃO DA INTERNET PARA ATRIBUIÇÃO DE NOMES E NÚMEROS (ICANN)

A Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN, na sigla em inglês) coordena as funções do Sistema de Nomes de Domínio (DNS), dos endereços Protocolo de Internet (IP), da alocação de espaço, da atribuição de identificadores de protocolos, do gerenciamento do sistema de nomes de domínio de nível superior genéricos (gTLD) e de código de país (ccTLD) e do gerenciamento do sistema de servidores raiz. Esses serviços foram inicialmente realizados mediante contrato com o governo dos EUA pela Internet Assigned Numbers Authority (IANA) e outras entidades. Agora a ICANN desempenha a função da IANA.

Voltar ao topo

D

DDOS

Consulte "Ataque distribuído de negação de serviço"

DNS

Consulte "Sistema de nomes de domínio"

DNSO

Consulte "Organização de Apoio a Nomes de Domínio"

DNSSEC

Consulte "Extensões de segurança do sistema de nomes de domínio"

DOMÍNIO DE NÍVEL SUPERIOR (TLD)

No Sistema de Nomes de Domínio (DNS), é o nível mais elevado na hierarquia após a raiz. Em um nome de domínio, a parte do nome do domínio que aparece mais à direita. Por exemplo, o ".com" em “verisigninc.com”.

DOMÍNIO DE NÍVEL SUPERIOR DE CÓDIGO DE PAÍS (ccTLD)

Um domínio de nível superior de código de país contém uma abreviação com dois caracteres, como definido pelo ISO 3166-1 (Códigos para representação de nomes de países e subdivisões). Existem cerca de 250 domínios de nível superior de código de país (ccTLDs). Alguns exemplos são: .us para os Estados Unidos; .ca para o Canadá; .jp para o Japão, .de para a Alemanha, entre outros. Os ccTLDs normalmente são um contraponto aos domínios de nível superior genéricos (gTLDs). Os ccTLDs normalmente possuem requisitos de registro mais restritos, incluindo requisitos regionais, ao passo que os gTLDs tendem a ser abertos a todos os inscritos ao redor do mundo.

DOMÍNIO DE NÍVEL SUPERIOR GENÉRICO (GTLD)

Domínio de nível superior genérico é o nome de domínio de nível superior aberto aos inscritos em todo o mundo, em contraste com os domínios de nível superior de código de país, que muitas vezes são restritos a inscritos localizados em um país ou região específica. Os .gTLDs incluem .com, .net, .org, .biz, .info e .name.

Voltar ao topo

E

EMPRESA DE REGISTRO DE DOMÍNIO

A empresa de registro de domínio fornece serviços diretos aos solicitantes de nome de domínio. O banco de dados da empresa de registro de domínio possui informações do cliente, além das informações de DNS que constam no banco de dados do operador de registro. As empresas de registro de domínio processam os registros de nomes para usuários finais da Internet e, então, enviam as informações de DNS necessárias para um operador de registro, para que se dê entrada no banco de dados de registro centralizado e propagação final pela Internet. Existem diversas empresas de registro de domínio que oferecem serviços de registro por meio da Verisign.

EPP

Consulte "Protocolo de Provisionamento Extensível"

EXTENSÕES DE SEGURANÇA DO SISTEMA DE NOMES DE DOMÍNIO (DNSSEC)

O protocolo Extensões de Segurança do Sistema de Nomes de Domínio (DNSSEC) aumenta a segurança do DNS. Ele foi criado para lidar com ataques man-in-the-middle (MITM) e envenenamentos de cache por meio da autenticação da origem dos dados DNS e da verificação de sua integridade enquanto trafegam pela Internet.

Voltar ao topo

F

FORÇA-TAREFA DE ENGENHARIA NA INTERNET (IETF)

A Força-Tarefa de Engenharia na Internet (IETF, na sigla em inglês) é uma grande comunidade internacional aberta de projetistas de redes, operadores, fornecedores e pesquisadores preocupados com a evolução da arquitetura da Internet e de seu bom funcionamento.

Voltar ao topo

G

GTLD

Consulte "Domínio de Nível Superior Genérico"

Voltar ao topo

H

HOST

Um host também pode ser chamado de servidor de nomes. Qualquer computador com software e dados (arquivos de zona) necessários para resolver nomes de domínio em números de Protocolo Internet (IP) é um host.

Voltar ao topo

I

IANA

Consulte "Autoridade para Atribuição de Números na Internet"

ICANN

Consulte "Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números"

IETF

Consulte "Força-Tarefa de Engenharia na Internet"

INÍCIO DE AUTORIDADE (Start of Authority)

O registro de Início de Autoridade (SOA, na sigla em inglês) possui as informações mais importantes de sua zona. Ele define qual é o servidor de nomes primário, suas informações de contato (e-mail), como os servidores de nomes secundários são atualizados e os valores time-to-live (mínimos) padrão para seus registros.

INTERNET NETWORK INFORMATION CENTER (INTERNIC)

O Internet Network Information Center (InterNIC) é uma marca de serviço registrada do Departamento de Comércio dos Estados Unidos. O InterNIC foi um nome dado a um projeto originado em 1993, nos termos do acordo cooperativo com a Fundação Nacional de Ciência (NSF, na sigla em inglês), o que permitiu à Network Solutions, Inc. (agora Verisign) fornecer serviços de registro de nome de domínio .com e .net. O nome InterNIC não é mais utilizado pela Verisign em seus serviços. O nome InterNIC atualmente é o nome de um site fornecido pela Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN).

INTERNET PROTOCOL VERSION 6 (IPV6)

O IPv6 é a próxima geração do padrão de endereços de Protocolo de Internet, que se destina a suplementar e, finalmente, substituir o protocolo IPv4 que a maioria dos serviços de Internet atualmente usam para realizar transações. A preparação para o IPv6 é cada vez mais urgente, pois o grupo de endereços IPv4 disponíveis que a Internet Assigned Numbers Authority (IANA) oferece já está esgotado, e o esgotamento do IPv4 em vários Registros de Internet Regionais (RIRs) foi antecipado durante 2011.

IP

Consulte "Protocolo de Internet"

IPV6

Consulte "Internet Protocol Version 6"

Voltar ao topo

L

LAME DELEGATION

Lame Delegation significa listar um host (servidor de nomes) que não possui um registro Start of Authority (SOA) para um nome de domínio ao registrar um nome de domínio junto a um registro ou empresa de registro de domínios.

Localizador Padrão de Recursos (URL)

O Localizador Padrão de Recursos (URL, na sigla em inglês) é um endereço usado para localizar sites na Internet (p. ex., http://www.verisigninc.com).

Voltar ao topo

M

MALWARE

O malware, abreviação de software malicioso (ou maléfico), é um software utilizado ou programado por invasores para interromper o funcionamento do computador, coletar informações confidenciais ou obter acesso a sistemas de computadores particulares. Ele pode aparecer na forma de código, scripts, conteúdo ativo e outro software. Malware é um termo genérico utilizado para designar uma série de formas de software hostil ou intruso.

Voltar ao topo

N

NATIONAL TELECOMMUNICATIONS AND INFORMATION ADMINISTRATION (NTIA)

A National Telecommunications and Information Administration (NTIA) é uma agência do Departamento de Comércio (DoC) dos Estados Unidos, porta-voz do Poder Executivo para telecomunicações nacionais e internacionais e questões de tecnologia da informação. A NTIA é a agência do DoC que gerencia o acordo cooperativo com a Verisign e o Memorando de Entendimento com a ICANN.

NOME DE DOMÍNIO

Nomes de domínio são uma construção de endereçamento usada para identificar e localizar computadores na Internet. Os nomes de domínio oferecem um sistema de fácil memorização de endereços de Internet, que podem ser traduzidos pelo Sistema de Nomes de Domínio (DNS) em endereços alfanuméricos (números de Protocolo Internet – IP) utilizados pela rede. O nome de domínio é organizado hierarquicamente e muitas vezes transmite informações sobre o tipo de entidade utilizando o nome de domínio. O nome de domínio é simplesmente um rótulo que representa um domínio, que é um subconjunto do total de espaço de nome de domínio. Os nomes de domínio no mesmo nível hierárquico precisam ser únicos. Sendo assim, por exemplo, é possível existir apenas um .com em uma hierarquia de nível superior, e apenas um verisigninc.com no próximo nível hierárquico.

NOME DE DOMÍNIO DA INTERNET

Construção de endereçamento usada na identificação e localização de computadores na Internet. Os nomes de domínio oferecem um sistema de fácil memorização de endereços de Internet, que podem ser traduzidos pelo Sistema de Nome de Domínio (DNS, na sigla em inglês) em endereços alfanuméricos (números de Protocolo Internet – IP) utilizados pela rede. O nome de domínio é organizado hierarquicamente e muitas vezes transmite informações sobre o tipo de entidade utilizando o nome de domínio. Trata-se simplesmente de um rótulo que representa um domínio, que é um subconjunto do total de espaço de nome de domínio. Os nomes de domínio no mesmo nível hierárquico precisam ser únicos. Além disso, por exemplo, apenas é possível existir um .com em uma hierarquia de nível superior, e apenas um verisigninc.com no próximo nível hierárquico.

NOME DE DOMÍNIO DE SEGUNDO NÍVEL

No Sistema de Nomes de Domínio (DNS), o próximo nível de hierarquia sob os domínios de nível superior são os nomes de domínio de segundo nível. Em um nome de domínio, ele é a parte do nome que aparece imediatamente à esquerda do domínio de nível superior (p. ex., o "verisigninc" do "verisigninc.com"). Os nomes de domínio de segundo nível são utilizados para representar empresas e outras organizações comerciais na Internet.

NOMES DE DOMÍNIO NÃO CONFIGURADOS

Nomes de domínio não configurados são registros de nomes de domínio que não estão configurados junto aos servidores de nome no registro de domínio de nível superior (TLD), portanto não são publicados no arquivo de zona de TLD.

Voltar ao topo

O

OPERADOR DE REGISTROS

O operador de registro de nomes de domínio da Internet é uma entidade que recebe informações de serviço de nomes de domínio (DNS) das empresas de registro de domínio, insere-as em um banco de dados centralizado e as propaga em arquivos de zona da Internet, para que os nomes de domínio possam ser encontrados por usuários de todo o mundo por meio de aplicativos como a World Wide Web e o e-mail. A Verisign é a operadora de registro exclusiva dos domínios de nível superior .com e .net.

ORGANIZAÇÃO DE APOIO A NOMES DE DOMÍNIO (DNSO)

A Organização de Apoio a Nomes de Domínio (DNSO, na sigla em inglês) é uma organização de apoio da Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN, na sigla em inglês). Ela presta consultoria ao Conselho da ICANN sobre questões de políticas relacionadas ao Sistema de Nomes de Domínio. A DNSO consiste em: (i) um Conselho de Nomes (“NC”), com representantes dos setores eleitos pelos Setores e (ii) uma Assembleia Geral (“GA”), com todos os indivíduos e entidades interessados.

ORGANIZAÇÕES DE APOIO

As Organizações de Apoio a ICANN servem como órgãos consultivos do Conselho de Recursos de SOA, com a responsabilidade primária de desenvolver e recomendar políticas importantes sobre questões no âmbito de suas responsabilidades específicas.

OT&E

Consulte "Teste e avaliação operacionais"

Voltar ao topo

P

PERÍODO DE CARÊNCIA PARA ACRÉSCIMOS

O Período de Carência para Acréscimos se refere aos cinco dias corridos após o primeiro registro de um nome de domínio durante o qual ele pode ser excluído e um crédito pode ser emitido para a empresa de registro de domínio.

PROTOCOLO DE INTERNET (IP)

Um identificador numérico exclusivo utilizado para especificar hosts e redes. Os números de Protocolo de Internet (IP) são parte de um esquema global e padronizado para identificação de máquinas que estão conectadas à Internet. Tecnicamente falando, os números de IP são endereços de 32 bits que consistem em quatro octetos, e são expressados por quatro números entre 0 e 255, separados por pontos. Exemplo: 198.41.0.52. A alocação de IP para as Américas, Caribe e África Subsaariana é atualmente administrada pelo American Registry for Internet Numbers (ARIN). A alocação de IP para a Europa é atualmente administrada pela Reseaux IP Europeens (RIPE). A alocação de IP para as regiões da Ásia e do Pacífico atualmente é administrada pelo Asia-Pacific Network Information Center (APNIC).

PROTOCOLO DE PROVISIONAMENTO EXPANSÍVEL (EPP)

O EPP é um protocolo que foi projetado para alocação de objetos nos registros por meio da Internet. O EPP utiliza XML (Linguagem de Marcação Extensível, ou Extensible Markup Language) para trocar comandos e mensagens entre as empresas de registro de domínio e o registro.

Voltar ao topo

R

RAIZ

Raiz é o topo da hierarquia do Sistema de Nomes de Domínio (DNS), muitas vezes denominada “ponto”.

RESOLUÇÃO

Resolução é o termo utilizado para descrever o processo de correspondência entre os nomes de domínio e os números do Protocolo de Internet (IP). A "resolução" é feita por meio de uma combinação de computadores e software, conhecidos como servidores de nome, que utilizam dados do Sistema de Nomes de Domínio para determinar qual número IP corresponde a um nome de domínio específico.

Voltar ao topo

S

SERVIÇO DE NOMES

O serviço de nomes oferece resolução de nomes de domínio em números de Protocolo de Internet (IP) para indivíduos ou organizações ao manter e disponibilizar hardware, software e dados necessários para efetuar essa função. Muitos Provedores de Serviços de Internet (ISPs) operam servidores de nome e fornecem a seus clientes serviços de nome ao registrar um nome de domínio. A maioria dos indivíduos não tem como operar um servidor de nomes por conta própria e precisará de acordos para um serviço de nome com um ISP ou alguma outra pessoa ou organização.

SERVIDOR DE NOMES

Um servidor de nomes também é chamado de host. Trata-se de um computador com software e dados (arquivos de zona) necessários para resolver nomes de domínio em números de Protocolo de Internet (IP).

SERVIDOR DE WHOIS

O servidor de Whois é o URL (endereço da Web) onde o serviço Whois para um determinado operador de registro ou empresa de registro de domínio pode ser encontrado. Esse é um dos itens de informação fornecidos pelo Verisign Whois.

SERVIDOR PRIMÁRIO

Servidor primário é o nome do servidor que será utilizado primeiro e que será convocado antes de qualquer outro servidor de nomes que possa estar listado quando um nome de domínio é registrado junto ao operador de registro. Ao registrar nomes junto ao Registro, as empresas de registro de domínio precisam fornecer o nome e o endereço de IP do servidor primário do nome.

SERVIDOR RAIZ

Servidor raiz é uma máquina que possui softwares e dados necessários para localizar servidores de nome que possuem dados oficiais de domínios de nível superior (por exemplo, os servidores de raiz sabem quais servidores de nomes contêm dados oficiais para .com, .net, .fr, .uk, etc.). Os servidores raiz são, na verdade, servidores de nome e contêm dados oficiais de hierarquia máxima do Sistema de Nomes de domínio (DNS). Atualmente, especificações técnicas limitam o número de servidores de raiz a 13. Essas máquinas estão distribuídas em diversos locais, como nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Suécia e no Japão.

SERVIDOR SECUNDÁRIO

Servidor secundário é um servidor de nomes que será utilizado em adição ao servidor de nomes primário de um nome de domínio, e como seu backup. Os nomes e endereços IP de servidores secundários são fornecidos pelas empresas de registro de domínio ao registrar os nomes com o operador de registro da Verisign.

SETORES

A Organização de Apoio a Nomes de Domínio da ICANN consiste em um Conselho de Nomes, vários Setores e uma Assembleia Geral. Cada Setor é auto-organizado. O Setor inicial consiste em: 1. registros ccTLD; 2. entidades comerciais e empresariais; 3. registros gTLD; 4. provedores de conectividade e ISP; 5. detentores de nomes de domínios não comerciais; 6. empresas de registro de domínio; 7. marcas ou outros relativos a propriedade intelectual e antifalsificação. Qualquer grupo de indivíduos ou entidades podem se apresentar ao Conselho da ICANN para reconhecimento como um Setor novo ou separado. Consulte a nova apresentação de setor e licença, que inclui as instruções de registro.

SISTEMA DE NOMES DE DOMÍNIO (DNS)

O sistema de nomes de domínio é um banco de dados de informações distribuído utilizado para traduzir nomes de domínio (de fácil memorização e uso pelas pessoas) para números de Protocolo de Internet (IP), necessários para que os computadores se encontrem na Internet. Em todo o mundo, cada computador tem participação nesse banco de dados, e os dados mantidos em cada parte dele tornam-se disponíveis a todos os computadores e usuários da Internet. O DNS é composto por computadores, arquivos de dados, software e usuários em ação conjunta. Descubra como o Sistema de Nomes de Domínio funciona

SISTEMA DE REGISTRO COMPARTILHADO (SRS)

O Sistema de Registro Compartilhado desenvolvido pela Verisign permite que diversas empresas de registro de domínio forneçam serviços de registro de nome de domínio de Internet em domínios de nível superior (TLDs) administrados pela Verisign. O Sistema (um protocolo com hardware e software associados) inclui os seguintes subsistemas: um subsistema de servidor de banco de dados, um subsistema de registro garantindo acesso equivalente ao operador de registro para todas as empresas de registro de domínio, um subsistema de cobrança, um subsistema de desenvolvimento e teste de sistema, um subsistema de geração de arquivo de zona de TLD e um subsistema Whois. O Sistema é consistente e apoia as disposições da administração do Statement of Policy on Domain Name System, Management of Internet Names and Addresses, 63 Fed Reg. 31741 (1998) (o "White Paper"), bem como a Emenda Número 11 do Acordo Cooperativo NCR-92-18742 entre o governo dos Estados Unidos e a Verisign.

SOA

Consulte "Início de Autoridade"

SOLICITANTE DE REGISTRO

O solicitante de registro é o indivíduo ou a organização que registra um nome de domínio específico junto a uma empresa de nome da empresa de registro de domínio. Este indivíduo ou organização possui, então, o direito de utilizar aquele nome de domínio específico por um período, desde que as condições dadas sejam respeitadas e as taxas de registro estejam quitadas. Esta pessoa ou organização é a "entidade jurídica" vinculada pelos termos do Acordo de Registro de Nome de Domínio junto a empresa de registro de domínio. Observe que o registro da Verisign fornece serviços diretos somente às empresas de registro de domínio, não para os usuários finais da Internet. O banco de dados de registro contém somente informações do serviço de nome de domínio (DNS) (nome de domínio, nomes de servidor de nomes e números de Protocolo Internet (IP) de servidor de nomes), junto com o nome da empresa de registro de domínio que registrou o nome e os dados básicos de transação. Não inclui qualquer inscrição de nome de domínio ou informações de contato. As empresas de registro de domínio fornecem serviços diretos aos inscritos.

SRS

Consulte "Sistema de Registro Compartilhado"

Voltar ao topo

T

TESTE E AVALIAÇÃO OPERACIONAIS (OT&E)

Teste e avaliação operacionais são um processo no qual as empresas de nome de domínio licenciadas pelo operador de registro desenvolvem softwares e sistemas de cliente para registrar e gerenciar nomes de domínio e servidores de nome antes da operação em produção no Sistema de Registro Compartilhado. O Sistema de Registro Compartilhado inclui um ambiente servidor de teste operacional e avaliação isolado e compartilhado, utilizado tanto para o desenvolvimento do sistema da empresa de registro de domínio quanto para o desenvolvimento e teste da empresa de registro de domínio em curso. Antes da implementação do Sistema de Registro Compartilhado, as empresas de registro de domínio precisam preencher uma avaliação funcional básica no ambiente de teste operacional e avaliação, de modo a demonstrar o funcionamento completo e correto de seus sistemas de clientes. A avaliação deve ser concluída sem erros antes de as empresas de registro de domínio receberem acesso em produção ao Sistema de Registro Compartilhado.

TLD

Consulte "Domínio de Nível Superior"

Voltar ao topo

U

URL

Consulte "Localizador Padrão de Recursos"

Voltar ao topo

W

WHOIS

Whois é um banco de dados de pesquisa mantido pelos operadores de registro e pelas empresas de registro de domínio que contém informações sobre registros de nomes de domínio nos domínios de nível superior .com, .net, .org, .edu, e de código de país ISO 3166. Além disso, é o protocolo, ou conjunto de regras, que descreve o aplicativo utilizado para acessar o banco de dados (Consulte "Whois da empresa de registro de domínios" e "Whois do operador de registro").

WHOIS DA EMPRESA DE REGISTRO DE DOMÍNIO

O Whois da empresa de registro de domínio é um banco de dados de pesquisa mantido por ela que contém informações sobre redes, organizações de rede, nomes de domínio e contatos associados para domínios de nível superior .com, .net, .edu, e de código de país ISO 3166. Cada empresa de registro de domínio implementa o protocolo Whois e mantém um banco de dados Whois separado e distinto para o registro de nome de domínio respectivo.

WHOIS DO OPERADOR DE REGISTRO

O Whois do operador de registro é o serviço oficial Whois para todos os nomes de domínio de Internet de segundo nível registrados nos domínios de nível .com e .net. Esse serviço está disponível para qualquer pessoa. Para todos os nomes de domínio de segundo nível registrados em .com ou .net, as informações como ilustradas no exemplo a seguir são apresentadas:

Nome de domínio: LIBERTY.COM
Operador de registro: NETWORK SOLUTIONS, LLC.
Servidor Whois: whois.networksolutions.com
URL de encaminhamento: http://www.networksolutions.com/en_US/
Servidor de nomes: NS1.VIAWEST.NET
Servidor de nomes: NS2.VIAWEST.NET
Status: clientTransferProhibited
Data de atualização: 19-abr-2013
Data de criação: 22-mar-1993
Data de validade: 23-mar-2023

Nenhuma informação de contato de usuário final é exibida, pois a Verisign não possui essa informação.

Voltar ao topo

PRECISA DE MAIS INFORMAÇÕES?

  • +1-703-948-3200